Benefícios do bom-humor

“Pequenos prazeres ajudam a combater estresse”, diz O Estado de S. Paulo. “Mesmo diante da agenda lotada, os bem-humorados se divertem com os compromissos e valorizam presentes inesperados como um bate-papo, um doce ou cinco minutos de boa música.” O bom humor pode ser aprendido tal como se aprende a ler e a escrever.

Os rabugentos precisam, portanto, mudar seu modo de pensar. A professora de psicologia Raquel Rodrigues Kerbauy, da Universidade de São Paulo, explica: “Se . . . acha que só conseguirá sorrir quando o mundo for justo, será um eterno mal-humorado. Afinal, as injustiças estão por toda parte.”

A professora Sueli Damergian, da Universidade de São Paulo diz: “Por meio dele [o bom humor], as pessoas ficam mais tolerantes, lidam bem com frustrações e preservam a saúde física e mental.” Ela acrescenta, porém: “Não se deve confundir bom humor com leviandade e mau gosto.”


FONTE: https://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/101996729

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Faça parte da nossa lista de emails

Nunca perca uma atualização